Procedimentos Otorrinolaringológicos

Septoplastia

É a cirurgia realizada para a correção do septo nasal. O septo nasal é a parede que divide as duas narinas. Quando o septo é desviado, provoca diminuição do fluxo de ar nas narinas e consequente obstrução nasal. Há estruturas na cavidade nasal chamadas cornetos, responsáveis pela filtragem e umidificação do ar.

Os cornetos geralmente estão hipertrofiados e também devem ser corrigidos(diminuídos) no mesmo tempo cirúrgico para garantir uma boa permeabilidade nasal.

A cirurgia é simples, com internamento apenas no dia do procedimento. Pode ser feito com anestesia local ou geral, a critério do paciente. Todas as alterações são realizadas internamente, não há cortes externos. Não é colocado tampão nasal.

Na primeira semana ocorre obstrução nasal por que a mucosa nasal fica edemaciada(inchada), e depois de 15 a 20 dias ou no máximo um mês, ocorre completa cicatrização da mucosa nasal. Até que a cicatrização se complete, deve-se evitar assoar o nariz e fazer qualquer tipo de esforço físico.