Procedimentos Cirúrgicos

Rinoplastia

O nariz é a estrutura que mais chama a atenção na harmonia da face.

Não há um tipo ideal de nariz, e o objetivo da Rinoplastia é melhorar o nariz esteticamente, fazendo-o harmonizar-se com as outras características da face, portanto, cada caso é único.

Informações sobre o procedimento

  • A Rinoplastia pode ser realizada após os 15 anos de idade
  • A perfeita função nasal é primordial e por isso é realizada uma análise pré-operatória completa e o objetivo da cirurgia é aliar a melhora estética à manutenção da respiração nasal.
  • Podem ser sugeridos procedimentos complementares na face que promovam um melhor balanço e harmonia do conjunto (por exemplo : implante de silicone no queixo, blefaroplastia, frontoplastia)
  • Fatores que podem influenciar os resultados da cirurgia: espessura da pele, características étnicas, idade, grau de deformidade e grau de função das estruturas nasais
  • A tala colocada é retirada após 7 dias
  • Os pontos internos são absorvíveis (caem sozinhos), mas os pontos externos são retirados em 5 a 7 dias.
  • Não se usa tampão nasal, mesmo assim, ocorrerá obstrução nasal na primeira semana
  • Nos primeiros 7 a 10 dias, ocorre uma equimose ao redor dos olhos e a face fica inchada principalmente no dia seguinte ao procedimento – pode-se fazer compressas de gelo para amenizar
  • Geralmente os pacientes não referem dor intensa
  • É de suma importância que as orientações sejam seguidas à risca, especialmente a de manter a cabeceira da cama elevada nos primeiros 3 dias após a cirurgia e a de não fazer nenhum esforço físico nem assoar o nariz por 20 dias, para evitar sangramento.
  • Deve-se evitar a exposição solar e o uso de óculos por 3 meses após o procedimento.
  • O acompanhamento e os curativos pós-operatórios são vitais para monitorar a cicatrização. Obviamente, qualquer acontecimento não usual deve ser reportado imediatamente
  • Os convênios geralmente não cobrem as cirurgias puramente estéticas. Quando há algum procedimento funcional associado, como a septoplastia por exemplo, o convênio cobre a septoplastia e o paciente pagará apenas uma complementação referente à plástica para a equipe cirúrgica, equipe anestésica e hospital.