Procedimentos Cirúrgicos

Ocidentalização das Pálpebras

O “olho oriental” apresenta algumas particularidades em relação ao “olho ocidental”:

  • A pálpebra superior é plana devido à ausência ou presença parcial do sulco palpebral
  • As bolsas de gordura na pálpebra inferior encontram-se em posição mais baixa, provocando uma aparência mais globosa nos olhos
  • Há aumento da gordura subcutânea
  • A fenda palpebral é estreita e inclinada lateralmente
  • Há um epicanto em grau variável

A cirurgia da ocidentalização consiste em criar uma “dobrinha” na pálpebra superior e, quando necessário, permite a diminuição das bolsas de gordura nas pálpebras inferiores. O resultado torna os cílios das pálpebras superiores mais evidentes quando os olhos estão abertos e dá a impressão de aumento dos olhos, tornando-os mais expressivos.

Atualmente, os pacientes que solicitam a cirurgia de ocidentalização não desejam minimizar seus traços orientais e sim almejam um olhar mais expressivo e vívido.